Digite para procurar

Guia Cultural da Quarentena #1

Compartilhar

Infelizmente, o Coronavírus chegou e mudou nossa rotina. A importante quarentena, para a desaceleração da disseminação do vírus, pode acarretar em grande tédio, sensação de impotência, pânico devido à letalidade da doença. Para ajudar nesse momento, a INQ.report traz este Guia Cultural com uma lista de filmes sobre jornalismo investigativo, o tema do nosso site. A maioria está disponível na Netflix.

Spotlight: segredos revelados (2015)
O primeiro da lista não poderia deixar de ser Spotlight. O filme, baseado em fatos reais, conta a história de um grupo de jornalistas do The Boston Globe que investigaram casos de pedofilia na igreja católica. (lembram-se de alguma coisa?) Por esse trabalho, a equipe ganhou um Pulitzer. O filme, por sua vez,  ganhou dois Oscars.
Conta com a atuação de Michael Keaton e de Mark Ruffalo.

Zodíaco (2007)
Um dos meus preferidos. Mostra a história real de um assassino em série que atormentou a polícia e jornalistas com seus enigmas.  Robert Graysmith (Jake Gyllenhaal), um cartunista, fica obcecado por este caso e ajuda na investigação. Seu trabalho rendeu um baita livro que se tornou best-seller. Atuam Robert Downey Jr, como o jornalista, e novamente Mark Ruffalo.
Disponível na Netflix.

Millennium – Os homens que não amavam mulheres (2011)
Baseado num romance sueco e dirigido por David Fincher, que também dirigiu Zodíaco,  o longa conta a história de um jornalista investigativo que, depois de perder um processo judicial, passa a trabalhar para um milionário. A ideia era investigar um caso de assassinato. A atuação de Daniel Craig é boa, mas é ofuscada pelo trabalho brilhante de Rooney Mara.
Gatilho: Contém três cenas de estupro, um tanto desnecessárias.
Disponível na Netflix

A última coisa que ele queria (2020)
É um filme um pouco cansativo. Conta a história de uma jornalista que se envolve numa investigação sobre tráfico internacional de drogas e corrupção. Tive enfisema pulmonar do tanto que Anne Hathaway fuma nesse filme. Disponível na Netflix

A vida de David Gale (2003)
O filme conta a história de um professor acusado de estupro e é condenado à morte. Traz interessantes reflexões sobre o assunto, ainda mais por Kevin Spacey, o ator que interpreta David, também acusado de estupro. A jornalista interpretada por Kate Winslet entrevista Gale no corredor da morte e após a sua investigação chega em uma surpreendente descoberta.

The Panama papers (2019)
Um dos maiores escândalos de corrupção de todos os tempos. O filme retrata a história real de dois jornalistas que expuseram o caso Panama Papers. O negócio foi tão grande que chegou na Lava Jato, aqui no Brasil. Conta com as atuações sempre impecáveis de Gary Oldman e Meryl Streep. O ritmo é um pouco moroso, mas vale a pena.
Disponível na Netflix

Esta é a primeira publicação do Guia Cultural e em breve virá mais. Esperamos que seja proveitoso a todos. Bom filme!

 

Assuntos:

Recomendações de leitura